11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Lifting das coxas: tudo sobre o procedimento

Conheça o procedimento que pode devolver sua autoestima para o verão!

Com o objetivo de devolver a firmeza e remover a gordura localizada nas coxas, o lifting de coxa é um procedimento estético muito procurado por mulheres que desejam corrigir as insatisfações com a região. 

Indicado em casos que a perda de peso e os exercícios físicos não surtiram efeito, a técnica ajuda a remodelar a área, principalmente na parte interna onde a flacidez é normalmente mais visível. 

Sendo assim, conhecer a fundo como funciona o procedimento e quais são os verdadeiros resultados alcançados é fundamental que os pacientes alinhem suas expectativas com o cirurgião plástico. 

Afinal, o que é o lifting de coxa?

Trata-se de uma cirurgia plástica focada em remover o excesso de pele e gordura localizada na região das coxas, com o objetivo de melhorar o contorno corporal. 

Embora o procedimento seja ideal para remover a pele interna, também beneficia quem deseja realizar ajustes nas partes laterais, conhecidas como culotes. 

É importante ressaltar que a técnica não deve ser encarada como uma forma de emagrecimento, e sim como um processo complementar à outras técnicas como por exemplo a lipoaspiração. 

Como a cirurgia é realizada?

Normalmente, a cirurgia é realizada em um ambiente hospitalar ou clínica estética e dura em torno de duas a quatro horas, dependendo da necessidade do paciente. 

Realiza-se uma pequena incisão na região da virilha, na parte inferior dos glúteos ou no interior da coxa e posteriormente, retira-se o excesso de pele na região dos cortes, esticando a pele e realizando a sutura.

Em alguns casos, o cirurgião pode inserir drenos para remover o excesso de líquido que pode se acumular na região e evitar infecções. 

Para quem é recomendado?

O lifting de coxa em geral, é indicado para qualquer pessoa que possua insatisfação estética com a região, sendo mais procurado em casos de: 

  • Pessoas com flacidez na região interna e externa das coxas;
  • Pessoas que perderam muito peso;
  • Pessoas que passaram por outras cirurgias como a lipoaspiração ou cirurgia bariátrica.

Além disso, é necessário que o paciente seja saudável e não possua nenhuma doença pré-existente que possa prejudicar a cicatrização ou aumentar os riscos do procedimento. 

Veja como funciona o lifting para coxas

Pós-operatório e recuperação

Normalmente, o período de internação após a realização do lifting das coxas é de 2 à 3 dias, podendo variar de acordo com a evolução do paciente. 

Após este período, é indicado repouso absoluto de no mínimo 7 dias, podendo ou não ser recomendado o uso de cinta cirúrgica para garantir melhores resultados. 

A higienização correta da cicatriz também é fundamental neste período, sendo que o cirurgião responsável deverá indicar quais são os melhores cuidados e medicamentos para administrar durante a recuperação. 

Assim como todo procedimento cirúrgico, recomenda-se que o uso do tabaco seja suspendido por pelo menos 30 dias antes e 30 dias depois da realização da cirurgia, a fim de evitar complicações na cicatrização

Normalmente, as atividades físicas podem ser retomadas gradualmente após o segundo mês de recuperação. 

Potencialize os resultados

Para obter melhores resultados com o lifting da coxa, recomenda-se aliá-lo a outros procedimentos estéticos como a lipoaspiração ou até mesmo uma abdominoplastia. 

Dessa forma, você garante não só um melhor contorno corporal, como também aumenta sua autoestima.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).