Harmonização facial: o procedimento que se tornou queridinho das famosas

Mulher com a mão no rosto

Pode parecer novidade, mas a harmonização facial já existe há mais de uma década! Conheça as indicações e as técnicas utilizadas nesse tratamento estético que está em alta!

Assim como acontece com a moda, as cores de cabelo e as dietas, os tratamentos estéticos também parecem apresentar “tendências”: de repente, todo mundo começa a falar sobre certo procedimento, inclusive as famosas. E a tendência do momento é a harmonização facial.

No entanto, apesar de ter se tornado o queridinho das celebridades e digital influencers, esse tratamento já existe há mais de uma década, só que ele não era conhecido com esse nome. Antes, ele era chamado de “preenchimento full face”.

Além disso, diferente do mundo fashion, os procedimentos estéticos devem ser pensados e planejados para cada pessoa, sempre respeitando suas características naturais, e não com o intuito de “deixar todo mundo igual”.

Pois é justamente isto que a harmonização facial faz: ela leva em conta os traços de cada pessoa para ressaltar o que ela tem de melhor, sem buscar um padrão.

Conhecendo a fundo a harmonização facial

A harmonização facial é uma combinação de métodos de preenchimento facial e outros procedimentos estéticos que tem como intuito oferecer mais equilíbrio entre os diversos traços que compõem o rosto, incluindo ângulos, formato e volume de suas partes.

Assim, esse tratamento pode ter o objetivo tanto de corrigir imperfeições que incomodem a pessoa e prejudiquem seu visual quanto de realçar seus traços mais positivos, de modo a alcançar uma aparência natural e com características harmoniosas entre si.

Para fazer isso, o cirurgião plástico faz uma análise minuciosa de regiões como lábios, maçãs do rosto, queixo, mandíbula, têmporas e contorno facial, de forma a determinar quais delas podem ser ressaltadas ou modificadas.

Outro ponto importante da harmonização facial é que ele também promove o tratamento de sinais do envelhecimento, incluindo pés de galinha, bigode chinês e outras rugas, olheiras, manchas, flacidez e papada, proporcionando um efeito de rejuvenescimento ao paciente.

Quem pode fazer harmonização facial

A harmonização facial é indicada para homens e mulheres que gostariam de corrigir imperfeições e ressaltar seus pontos fortes por meio de um tratamento com resultados naturais, que valorizam as características individuais de cada pessoa.

Além disso, esse tratamento estético é recomendado para pessoas que tenham observado o surgimento de mudanças trazidas pelo passar do tempo e que gostaria de suavizá-las, de forma a obter uma aparência mais jovem com discrição e naturalidade.

O que pode ser modificado na harmonização facial

A combinação de técnicas utilizadas na harmonização facial permite que sejam corrigidos diversos pontos da face. Para determinar quais deles devem passar pelo tratamento, o cirurgião plástico faz uma avaliação dos seguintes traços e regiões do rosto:

Contorno facial

O primeiro passo costuma ser a avaliação para determinar se é necessário equilibrar o contorno, seja conferindo mais projeção, repondo o volume perdido ou deixando os traços mais alongados;

Malar

Na região das maçãs do rosto, o cirurgião plástico avalia se é indicado aumentar o volume ou conferir mais projeção para torná-las mais evidentes;

Mandíbula

O tratamento inclui uma maior definição ao ângulo da mandíbula ou o seu alongamento, de acordo com as características de cada paciente. Esta é uma região bastante valorizada pelos homens, pois está associada a traços masculinos;

Nariz

O tratamento pode deixar a ponta do nariz em posição mais elevada ou mais rebaixada conforme a necessidade, além de proporcionar mais harmonia à largura e ao alinhamento do dorso (“corpo do nariz”);

Lábios

Se necessário, pode ser feito um preenchimento para repor o volume perdido, deixá-los mais evidentes ou alongá-los, valorizando essa região da face;

Supercílios

Eles podem ser elevados ou ter seu ângulo corrigido levando em consideração a distância e a relação do posicionamento entre os supercílios e os olhos;

Rugas e sulcos

A presença desses sinais do envelhecimento pode ser uma indicação para o tratamento com toxina botulínica ou preenchimento facial, de forma a também oferecer um efeito de rejuvenescimento ao paciente.

Como esse tratamento estético é realizado

Por ser um procedimento não cirúrgico, a harmonização facial pode ser realizada na própria clínica, dispensando a necessidade de internação. Dependendo dos tratamentos que serão incluídos, ela pode levar de 30 a 60 minutos.

Conforme as técnicas indicadas para cada pessoa, será utilizado um anestésico tópico ou uma anestesia local injetável para eliminar os desconfortos, proporcionado mais tranquilidade ao paciente e ao cirurgião plástico.

Além do chamado preenchimento full face, feito com aplicação de ácido hialurônico, outros procedimentos que podem ser incluídos na harmonização facial são:

  • Preenchimento facial: para dar mais evidência ou repor o volume perdido com o passar do tempo em regiões como contornos, queixo e maçãs do rosto;
  • Preenchimento labial: correção de assimetrias e arco do cupido, reposição do volume perdido ou mais projeção;
  • Preenchimento de olheiras e sulcos: injeções de ácido hialurônico para nivelar sulcos como o bigode chinês e olheiras profundas (nivelamento da região entre a pálpebra inferior e a bochecha);
  • Botox: suavização das rugas dinâmicas,  como pés de galinha e linhas ao redor da boca, além de corrigir o ângulo e levantar as sobrancelhas;
  • Fios de sustentação: consiste na aplicação de fios fabricados com ácido polilático para promover um efeito de lifting não cirúrgico, tratando a flacidez e dando mais firmeza ao tecido cutâneo.

O que esperar dos resultados da harmonização facial

Por ser um tratamento pouco invasivo e não cirúrgico, a recuperação da harmonização facial é bastante simples. Pode haver um pouco de vermelhidão e inchaço, mas esses efeitos são temporários e não afastam a pessoa de suas atividades do dia a dia.

Os resultados podem ser observados depois de 15 a 30 dias, quando todo o inchaço já tiver sido absorvido pelo organismo, podendo então ser feita uma avaliação para determina a necessidade ou não de retoques.

Os efeitos da harmonização facial têm duração variável. No caso da toxina botulínica, eles duram de 4 a 6 meses. Já para os preenchimentos, eles costumam ser de 12 a 18 meses dependendo de cada caso.

Ficou interessada em saber mais sobre esse e outros procedimentos estéticos? Entre em contato com a clínica da Dra. Luciana Pepino e agende sua avaliação presencial!

Agende agora a sua consulta!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).