Exercícios para mulheres que amam salto alto

O salto alto pode causar alguns desconfortos que chegam a evoluir para algo mais sério

Quem não abre mão do salto alto sabe que além dos incômodos ele pode trazer problemas à saúde da mulher. A posição dos pés dentro dos sapatos não favorece os dedos dos pés e também causam desequilíbrio na musculatura. Sofrem a panturrilha, coxa e costas, principalmente no início da cervical. Para diminuir as chances de traumas futuros e também evitar dores, é ideal fortalecer os músculos responsáveis pelo equilíbrio corporal. Para isso foram elaborados alguns exercícios e alongamentos, que podem ser feitos em casa ou no tempo livre no trabalho.

A panturrilha é uma das que mais sentem com o salto alto. Começando pelo alongamento estático da panturrilha, que pode ser feito em frente à parede. Comece esticando o pé direito para trás, mantendo o pé esquerdo no chão e o joelho esquerdo flexionado. Mantenha a perna direita sempre esticada, mas sem causar desconforto. Para completar estique o calcanhar direito, mas sem tocar no chão. Outro exercício, também simples, consiste em apoiar a ponta dos pés em um degrau, deixando o corpo sobre eles, fazendo o movimento de subir e descer. Comece fazendo três séries de 15. Movimente e aumente, conforme for necessário.

Para as coxas, o ideal é um alongamento do bíceps femural, músculo de trás da coxa, responsável por auxiliar no equilíbrio. Os exercícios são simples e basta colocar a penar em uma cadeira e esticar a penar, inclinando o corpo levemente para trás de 15 a 10 segundos. Repita 10 vezes e aumente a carga se desejar. Com o tempo, o preparo se torna melhor e será possível alongar as pernas no ponto mais alto. Sempre possível faça também abdominais, pois eles ajudam a manter a barriga bonita e ainda fortalecem o abdômen, o que ajuda a diminuir as dores que os saltos causam em outros músculos.

A coluna merece atenção especial, pois o uso do salto pode aumentar a rigidez da parte inferior das costas. Um alongamento simples resolve o problema. Para começar, ajoelhe-se no chão, com mãos e joelhos apoiados no chão. Expire, movendo o umbigo para dentro o máximo que puder e curve as costas também ao máximo. Conforme for aspirando o ar faça um arco com as costas, soltando levemente ao final. Repita o movimento diversas vezes para abrir a coluna. Lembre-se de fazer os exercícios com três vezes por semana, mas se as dores persistirem busque acompanhamento de um profissional.

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).