11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira das 8h às 21h
Sábados das 10h às 14h

Esclareça suas dúvidas sobre o botox

Entenda em quais casos o botox é indicado e tire todas as dúvidas sobre o procedimento 

O desejo por uma pele jovem e bonita por mais tempo faz com que homens e mulheres busquem soluções nos procedimentos estéticos para alcançar a aparência que tanto almejam. 

Isso faz com que boa parte deles recorram a aplicação de botox no rosto, o que torna a técnica mais popular a cada ano. 

No entanto, muitas pessoas ainda não entendem como funciona toxina botulínica, o que faz com que surjam muitas dúvidas sobre o procedimento. 

E com o objetivo de desmistificar de uma vez por todas a técnica, reunimos uma série de informações a seguir.

O que é a toxina botulínica? 

Mais conhecida por seu nome comercial, o botox – ou toxina botulínica – é um complexo protéico purificado obtido a partir da bactéria Clostridium botulinum (a mesma bactéria causadora do botulismo). 

Atualmente, existem mais de sete tipos diferentes da toxina, no entanto, a que é mais utilizada para fins estéticos são as do tipo A e B. 

Qual o seu efeito no rosto?

Quando aplicada em pequenas doses no rosto dos pacientes, a substância bloqueia a liberação de acetilcolina (neurotransmissor responsável por levar as mensagens elétricas do cérebro aos músculos) e, como resultado, o músculo não recebe a mensagem para contrair. 

Como resultado, o botox inibe o aparecimento de marcas e linhas de expressão, podendo atuar tanto como uma medida preventiva para quem ainda não sofre com a condição, quanto para fins reparadores para rugas já existentes. 

Em quais áreas do rosto pode ser aplicado?

Normalmente, a toxina botulínica é aplicada nas regiões da testa, no sulco entre as sobrancelhas e nos famosos “pés de galinha”, ao redor dos olhos. 

O botox dói?

Por se tratar de um procedimento estético super rápido, muitas pessoas afirmam que é praticamente indolor. 

No entanto, para as pessoas mais sensíveis a dor, é normal ficar com uma sensação de queimação nos primeiros minutos após a técnica, que é amenizada com o uso de anestésico tópico, aplicado antes do procedimento. 

Existe algum risco no procedimento?

Embora seja considerada uma técnica bem segura, existem alguns efeitos colaterais do botox aos quais os pacientes estão expostos – ainda que a chance seja mínima. 

Dentre as reações mais comuns, podemos destacar a ptose palpebral (condição que deixa as pálpebras com aparência de caída), além de dores de cabeça e manchas arroxeadas no local da aplicação. 

Vale destacar que tudo isso é temporário, sendo que os efeitos tendem a sumir dentro de algumas semanas. 

Quais os cuidados após a aplicação?

O mais aconselhado é que, após a aplicação do botox, não seja feito nenhum esforço físico, além de: 

  • Não andar de avião nas 4 horas seguintes; 
  • Não massagear a região;
  • Não deitar;
  • Evitar abaixar a cabeça;
  • Não usar cremes e maquiagens por um período de 3 horas após a aplicação.

Quanto tempo dura o botox na pele?

Os resultados do botox podem ser observados normalmente por um período de três a quatro meses. No entanto, algumas pessoas esse resultado pode permanecer por até seis meses na pele. 

O ideal é que se faça a manutenção dos resultados do botox, retornando às consultas com o profissional responsável para verificar necessidade de aplicar a substância novamente. 

Dessa forma, você mantém a aparência jovem e bonita por mais tempo!

 

Faça parte do nosso grupo no Telegram e fique por dentro do dia a dia da clínica, além de informações exclusivas sobre beleza, bem-estar e eventos que só vão acontecer para este canal.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).