11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Distorção de imagem e o impacto das redes sociais

Impacto das redes sociais nos dias de hoje

Entenda qual é o impacto das redes sociais na nossa percepção de nós mesmos

Ao longo dos anos a influência e o impacto das redes sociais nos nossos hábitos de consumo, comportamento e visão de nós mesmos têm sido bastante sentidos e estudados ao redor do mundo. Por mais que diversos aspectos da vida moderna estejam sendo alterados pelas redes sociais, o principal deles está relacionado aos padrões de beleza inatingíveis divulgados todos os dias.

Por toda a história, os seres humanos comparam seu estilo de vida, suas aquisições e sua aparência aos demais. A internet e as redes sociais serviram como catalizadores destas comparações e, além disso, as tornaram ainda mais irreais e problemáticas para nossa saúde mental. As mídias sociais transformaram as reações interpessoais, modificaram nossa maneira de enxergar o mundo e se tornaram fontes infinitas de confronto entre diferentes realidades.  

O impacto das redes sociais

É sabido que as redes sociais por si só não possuem a capacidade de causar baixa autoestima nas pessoas, contudo, os elementos presentes na atmosfera criada por elas são todos os necessários para colaborar com este efeito. Necessidade de validação do próximo, ansiedade, distúrbios alimentares e tendência ao perfeccionismo são alguns dos sintomas mais comuns em adolescentes, homens e mulheres de todas as idades.

É importante lembrarmos que estes impactos não precisam necessariamente serem negativos. As redes sociais podem ser utilizadas para nos colocar em contato com assuntos que nunca teríamos sem a ajuda da internet. É possível, por exemplo, descobrir uma profissão ou uma habilidade, se estimular a mudar aspectos negativos da rotina e muitos outros exemplos de influências positivas. O segredo está na pergunta: Quem eu devo seguir?

Como evitar ser influenciado negativamente?

  1. Seguir perfis com corpos reais

O primeiro passo para evitar o lado negativo do impacto das redes sociais na nossa vida é selecionar a dedo quem você irá seguir. Como dissemos a comparação é inevitável, mas ela pode ser muito bem vinda se vier de corpos reais. Faça uma limpa nos seus perfis e rodeie-se de pessoas que trabalham com assuntos pertinentes e positivos para você!

  1. Se aproximar da sua realidade

Seguir cantoras, atrizes e modelos preferidas está tudo bem, porém, quando você só recebe imagens e vídeos de pessoas que vivem em outra realidade é prejudicial e pode causar comparações profundamente irreais. Procure por influenciadoras ou blogueiras que se aproximem da realidade em que você vive. 

  1. Não é só sobre aparência

Outra boa dica para não deixar o lado negativo do impacto das redes sociais tomar um lugar na sua rotina, é a de seguir perfis de assuntos diversos, não apenas focados em beleza e padrões de vida altos. Pense nos seus hobbies, na sua profissão, nos seus objetivos e siga perfis que te estimulem a alcançá-los ou que te faça abrir a mente e enxergar o mundo sob outras perspectivas. 

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).