Dicas milagrosas para deixar seu corpo escultural

Prato sobre a mesa com saladas e legumes para dieta para emagrecer

Saiba como associar exercício, reeducação alimentar e procedimentos estéticos para melhores resultados!

Muitas pessoas iniciam uma dieta para emagrecer e, pouco tempo depois, desistem, pois não alcançaram os resultados desejados. Se você se identificou com essa situação, continue conosco!

Existem alguns aspectos que podem ser considerados para verificar porque a dieta não deu certo. Ela pode não focar nas principais falhas da sua alimentação, pode não estar associada aos hábitos necessários ou ser tão breve que o organismo não teve tempo para reagir.

Por mais que parece que entrar e sair de dietas constantemente não prejudica seu organismo, essa prática pode ser danosa à sua saúde e qualidade de vida. Saiba mais!

3 dicas para uma dieta para emagrecer de verdade

A seguir vamos apresentar três dicas para sua dieta realmente funcionar, mas não se trata de nenhuma receita milagrosa (apesar das dicas serem!).

1. Foque na reeducação alimentar

O primeiro passo é não se limitar a uma dieta temporária para alcançar o corpo escultural desejado. A reeducação alimentar é imprescindível para resultados de longo prazo.

Isso não quer dizer que o ponta pé inicial não pode ser com uma dieta mais radical, e depois entrar em um ritmo mais saudável, incluindo mais opções no cardápio.

Um passo é reeducar seu paladar. Se você acha que verduras e legumes não tem gosto, reduza o consumo de alimentos industrializados com aromatizantes e intensificadores de sabor.

Além disso, reeducar o seu paladar para alimentos menos doces, te fará diminuir consideravelmente a vontade de comer alimentos que contenham açucar.

A partir disso você pode sentir mais prazer em uma alimentação natural, o que é determinante para que a reeducação alimentar funcione no longo prazo.

2. Diversifique os alimentos

Se você acredita que para um corpo escultural é preciso comer única e exclusivamente alimentos naturais, calma. Não é bem assim. A dica milagrosa aqui é diversificar a alimentação:

  • alimentos liberados: são as opções de consumo livre em todas as refeições até saciar, como hortaliças, verduras, leguminosas, cogumelos, aves, carnes magras, ovos, entre outros;
  • alimentos aceleradores do metabolismo: são aqueles que ajudam na queima de calorias, principalmente durante atividades físicas. Podem ser consumidos uma vez por dia e incluem gengibre, café sem açúcar, canela, guaraná em pó, pimenta, chá mate e outros;
  • alimentos aliados: são aqueles que não podem ser consumidos à vontade, mas que contribuem no fornecimento de vitaminas e minerais, como raízes, cereais, oleaginosas, frutas, óleos, entre outros;
  • alimentos  problemáticos: são aqueles que atrapalham o emagrecimento, mas que podem ser consumidos  de vez em quando e em quantidades limitadas como pães, massas, farinhas, bolos, açúcar, bebidas alcoólicas, refrigerantes e outros.

Portanto, a dieta para emagrecer saudável é aquela que tem um pouco de cada coisa e é encarada como um novo estilo de vida.

3. Tenha intervalos regulares entre as refeições

Por fim, destaca-se a importância de comer de três em três horas, com petiscos leves entre as refeições, como frutas ou oleaginosas.

Essa recomendação ocorre para que no momento das principais refeições você não esteja com tanta fome que coma por gula, o que não é difícil após uma rotina corrida.

Destaca-se ainda que as menores quantidades ajudam no funcionamento intestinal, consistindo em uma dieta para emagrecer mais eficaz.

Mulher praticando exercícios ao ar livre

O que associar a dieta para melhores resultados?

Outro aspecto importante para um corpo escultural é que a dieta e reeducação alimentar nunca vêm sozinhas. Elas devem ser aliadas a outros cuidados, como:

  • exercícios físicos: a queima de calorias e definição da musculatura por meio das atividades físicas é essencial para que você alcance os resultados almejados;
  • descanso adequado: sem descansar corretamente seu organismo não vai funcionar como deve e seu metabolismo ficará lento, portanto, durma as horas indicadas;
  • beber água: o consumo de cerca de 2 litros de água por dia é essencial para desintoxicação do organismo e hidratação.

Associando esses cuidados a uma dieta adequada há maiores chances de alcançar um corpo escultural sem comprometer a saúde ou qualidade de vida.

Quando procedimentos estéticos são recomendados?

É importante ter consciência que, por vezes, mesmo com todos os cuidados mencionados, ainda há uma ou outra insatisfação com o corpo e isso é natural.

Por essa razão, em algumas situações os procedimentos estéticos podem ser recomendados para complementar os demais cuidados adotados. Entre os exemplos estão:

  • lipoaspiração: técnica indicada para remoção da gordura localizada em diferentes partes do corpo e que, muitas vezes, não são eliminadas com exercícios ou dietas, como os culotes, gordura da perna, abdômen e costas;
  • abdominoplastia: procedimento indicado quando há excesso de pele e flacidez, ocorrência mais comum após a cirurgia bariátrica, perda significativa de peso ou múltiplas gestações. Permite a remoção do excesso de pele da região do abdômen melhorando o contorno corporal e a satisfação pessoal;
  • mamoplastia: a cirurgia dos seios pode ser recomendada para aumentar o volume no caso de seios pequenos, mas também existem técnicas focadas na melhora estética dos seios flácidos ou caídos, que pode ou não ser associada a colocação de prótese.

Portanto, além de mudanças de hábito como a reeducação alimentar focada na dieta para emagrecer, prática de exercícios físicos e intervalo entre refeições, os procedimentos estéticos também são importantes aliados.

Destaca-se que a recomendação de uma intervenção cirúrgica deve ser realizada por um cirurgião plástico após avaliação do quadro.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Pamela Alvez disse:

    Ola. Obrigado por compartilhar! Excelente artigo