11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Dieta livre de glúten, conheça os benefícios

alimentos com gluten

Conheça os principais benefícios da dieta do glúten.

Muito se ouve falar sobre a dieta do glúten, mas pouco se sabe sobre ela. Essa dieta está na moda e muita gente já entrou nessa. Mas, primeiramente, você sabe o que é glúten? O glúten é uma proteína presente na cevada, centeio, farinha de trigo, aveia e malte.

Essa proteína provoca inflamações no corpo e, em muitas mulheres, gera inchaço, fadiga e dor nas articulações, além de poder influenciar no humor, uma vez que nosso intestino está diretamente ligado ao nosso estado mental. A retirada da substância do cardápio diário ameniza muitos problemas. Além de, quase sempre estimular o emagrecimento.

gluten

O que ganho ao deixar de consumir glúten?

O glúten também é uma substância com um elevado grau de calorias. O que faz aumentar os níveis de glicose no corpo e poder levar ao sobrepeso, que é um dos maiores males da sociedade moderna. Com o sobrepeso, outros problemas de saúde acabam aflorando na vida do indivíduo. Aumentando o risco de infarto e trazendo problemas relacionados com a circulação e o coração. Com o corpo inflamado e a absorção de nutrientes tendo sua eficácia reduzida, a tendência é a imunidade ficar comprometida.

Essa dieta é muito parecida com a dieta dukan (ou dieta detox). E além de trazer mais saúde para o corpo como um todo. Auxilia de forma direta no emagrecimento. No caso da dieta sem glúten, a ideia é eliminar alimentos que contenham essa substância proteica, como o pão, os bolos e as bolachas, por exemplo. Como a dieta sem glúten reduz drasticamente o valor calórico da alimentação. Acaba facilitando a perda de peso de forma natural e saudável.

Quem tem algum grau de intolerância ao glúten – ou os próprios celíacos – não deve ingerir glúten. Isso inclui também todos os alimentos que contenham essa substância em sua composição. Mas, e quem não tem sensibilidade ao glúten?

Alguns nutricionistas ressaltam que não há razão para eliminar a proteína da dieta se não existir nenhum grau de intolerância envolvido. Isso significa deixar de consumir grande parte dos alimentos consumidos diariamente pelos brasileiros. Vale frisar também que para quem não tem problemas com o glúten, comer um alimento sem glúten não fará tanta diferença.

Hoje, o que se sabe é que mais de 3 milhões de pessoas sofrem com a doença celíaca só no Brasil e a grande maioria delas não é diagnosticada. Trazendo uma série de doenças que são tratadas sem agir na causa. Alguns desses sintomas podem incluir prisão de ventre, dor abdominal, diarreia, fadiga, gases, anemia, mal-estar geral, entre alguns outros sintomas.

Você também pode gostar de: Alimentos Integrais

Como posso começar a dieta?

gluten

Se você está desconfiado que tem algum grau de intolerância ao glúten, o ideal é deixar de consumir alimentos que contenham glúten – ou diminuir a sua ingestão – e avaliar se isso tem um efeito positivo na saúde. Um ótimo começo para quem está buscando essa dieta é apostar em alimentos integrais, além do frango, peixe, legumes e carne magra.

Quem já tentou passar por essa dieta sabe que os resultados parecem rapidamente. Os benefícios são sentidos no corpo todo e também no declínio acelerado do peso corporal. Após duas semanas, a redução de inchaço, dor de cabeça e fadiga, por exemplo, é perceptível. Cerca de 45 dias após o início da dieta, o emagrecimento chega ao seu pico.

Apesar de ser uma dieta simples, encontrar restaurantes e alimentos que não sejam feitos com glúten não é tão fácil. As bebidas alcoólicas, por exemplo, contêm glúten e devem ficar fora do cardápio. Para saber se um alimento possui ou não glúten, verifica-se seu rótulo.

A farinha de trigo pode ser substituída pelas versões de quinoa, linhaça e amêndoas, além do consumo de frutas, vegetais e derivados de milho, que ajudarão a flora intestinal a regenerar-se, melhorando a qualidade nutricional e a saúde em geral.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).