Menu

Dicas para tornar a dieta mais divertida

Veja dicas de como tornar sua dieta mais empolgante e evitar recaídas.

Fazer dieta não é fácil e pode tirar o humor de qualquer um, principalmente se você é uma daquelas que gosta de saborear pratos suculentos e hipercalóricos, mas é algo extremamente necessário quando o intuito é emagrecer e ter uma vida mais saudável. A reeducação alimentar é, sem dúvida, um dos segredos para quem quer emagrecer, mas em geral gera uma sensação de privação. A mudança de hábitos deve se dar de forma gradual e isso inclui escolher melhor os alimentos, sem abdicar dos prazeres à mesa, mas tendo como base um cardápio regrado e na quantidade certa para saciar e emagrecer.

O problema é que, de 10 pessoas que entram em uma dieta, apenas 3 delas são capazes de manter a motivação inicial e continuar até o fim. Isso acontece porque, além da dieta já ser por si só algo desagradável, essas pessoas não cultivam métodos que incentivem à sua continuidade e, com o tempo, a dieta vai ficando cada vez mais desprazerosa. Ao tornar a dieta mais agradável, o foco aumenta e os objetivos são alcançados com muito mais facilidade e sem tantas recaídas. Se você já tentou inúmeras dietas e sempre volta à estaca zero, ou se quer começar um regime mais consciente de todo o processo, fizemos uma lista com dicas especiais para você conseguir manter a chama da dieta acesa até o fim.

Programe um timer

Se você come toda a refeição em cinco ou dez minutos, uma ótima solução é ter um temporizador em casa. O ideal é que uma refeição de tamanho médio leve um período de 25 minutos. Com o temporizador, você precisará esforçar-se para ser mais devagar na hora da refeição, mastigando bem o que estiver ingerindo e, com isso, favorecendo o processo de digestão e de absorção dos nutrientes.

Se não tiver um temporizador em casa, você pode contar as mastigadas, que devem ser de 20 vezes por garfada. Comer com outras pessoas também é uma boa dica, mas evite ao máximo assuntos que possam trazer sensação de raiva ou ansiedade. E se você é daqueles que come na frente do computador ou celular, esse é um dos hábitos que você terá que abdicar, pois os aparelhos tiram nossa concentração.

Varie no cardápio

Um dos segredos de uma dieta balanceada é a variação do cardápio. Quem não explora novos pratos fica preso ao “feijão com arroz”. Isso torna a dieta muito mais chata e desmotiva quem já não está tão feliz com o que está comendo. Uma boa dica é tirar da cabeça aquela ideia de que há uma privação alimentar. Ao invés disso, pense no que você pode comer! Novos sabores, cores, texturas e uma infinidade de opções estão à sua disposição nos mercados e você só precisa fazer a seleção do que precisa para provar novos pratos. Isso acaba até contagiando parentes gordinhos, que veem a dieta com olhos tortos.

Você também pode variar nos pratos e copos ou na própria decoração da cozinha. O modelo dos pratos é importante não só para a durabilidade das louças, mas pode deixar uma refeição mais agradável. Quando se come num prato menor, com design elegante e trocando o copo por uma taça, a refeição, além de menor, incentiva à ingestão de menos calorias, ajudando a saciar e tornando o ato de comer mais agradável.

Crie recompensas

O sistema de recompensas sempre foi muito bem-vindo em qualquer lugar! Ele consiste num jogo no qual seu esforço é valorizado sempre que você atinge um objetivo. Com a dieta, você pode selecionar metas simples, como uma massagem corporal, compra de peças de roupas com tamanho menor ou um cineminha, por exemplo. Se você gosta de comer chocolates, mas está se privando dele durante a dieta e exercícios físicos, permita-se comer um pedaço do chocolate que mais gosta quando alcançar uma meta.

Acompanhe o processo

Se você está fazendo uma dieta, é interessante acompanhar seu progresso tirando fotos do antes e depois. Você com certeza já viu ou ouviu falar desse método e, se tinha dúvidas sobre sua eficácia, saiba que ele realmente funciona. A cada 15 dias de dieta e exercícios, por exemplo, você pode tirar uma foto na mesma posição inicial, a fim de criar um processo de transformação cronológica, onde as mudanças se tornam mais do que visíveis, e isso, para quem está penando com uma dieta, é mais do que gratificante. Você também pode ir além e criar um blog para compartilhar o que consome e seus resultados. Isso cria uma grande rede de relacionamentos com pessoas que também estão na mesma luta contra a balança.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).