Menu

Veja 9 Motivos Para Não Ter Medo de Mudar!

Se você não sabe como mudar ou por onde começar, confira 9 motivos para dar início e não ter medo da mudança

Listamos 9 razões para você acreditar na mudança e os benefícios que podem trazer para sua vida

Inevitavelmente, todos nós vamos mudar. Envelhecer, ganhar ou perder peso, testar um novo corte de cabelo, aprender um novo idioma, aprender com os erros, com outras pessoas. Tudo o que nos cerca exerce influência sobre nosso comportamento e nosso corpo.

Mas nem sempre encaramos a mudança sem medo ou expectativas. O grande desafio é entender que deixar de lado velhos hábitos pode ser uma ação saudável e estar acompanhado de uma sensação de realização, de autoestima e de superação dos próprios limites.

Confira os principais motivos para não ter medo de mudar e os benefícios de cada uma destas atitudes:

1) Drible o medo da mudança

Muitas vezes, o medo da mudança consiste exatamente pelo desconhecimento do ponto de partida. As roupas que já não servem e a briga diária com a balança têm soluções que muitas vezes não são as receitas prontas propostas pelas revistas ou sites de saúde e beleza.

Não sabe como mudar? Analise sua situação de maneira isolada. Nem sempre o que é a resposta para a maioria das pessoas servirá para você. Em consequência, isso só aumentará a frustração e afastará você do seu foco, criando uma falsa ideia de que a mudança é algo difícil e doloroso.

Saiba como mudar e dar os primeiros passos

2) Estabeleça objetivos de acordo com a sua situação

Estamos propensos a comparar nossas vidas e, principalmente, nossos corpos aos das celebridades e pessoas bem-sucedidas. Com as redes sociais, isso se torna cada dia mais fácil e ao alcance das mãos.

Por outro lado, em vez de questionar algo que você não possui ou que desejaria melhorar, por que não utilizar a informação a seu favor?

Muitos famosos expõem na rede suas dicas e truques de beleza e vida saudável, como liftings, preenchimentos faciais, dietas e séries de exercícios físicos. O segredo é adequar a rotina à sua realidade e não ter medo de pesquisar o que funcionaria melhor para você.

3) Não sabe como mudar? Dê um passo de cada vez

Uma famosa frase diz que “mais vale a direção do que a velocidade”. Isso se torna a mais absoluta verdade quando se trata de nossos sonhos e objetivos.

Promover muitas mudanças ou alterações muito bruscas pode arruinar de vez com a autoestima e não trazer o resultado tão esperado. Que tal começar com uma limpeza de pele? E descubra porque é essencial para a saúde da pele.

4) Pratique atividades que elevem a sua autoestima

Em vez de se matricular na academia e nunca frequentá-la ou fazer um alto investimento em dezenas de roupas e acessórios de ginástica, que tal iniciar um programa de caminhadas três vezes na semana?

Muitas vezes, para quem não está satisfeito com a própria imagem, esse encontro inicial num ambiente de corpos sarados e culto à beleza pode ser desmotivador.

Procurar alternativas em locais públicos, em meio à natureza, com pessoas de idades diversificadas pode ser uma opção para se sentir mais seguro.

O simples ato de começar a beber mais água também pode transformar a sua vida, veja a importância e se realmente funciona beber água para emagrecer.

5) Exponha seus anseios e dúvidas

É compreensível que quem está vivenciando um problema tenha tendência a supervalorizá-lo. Igualmente, quem está de fora pode ter uma visão mais clara da situação e contribuir com sugestões e ideias.

Amigos que já perderam muito peso ou já se submeteram a algum procedimento estético sempre têm histórias para contar. E o mais importante: não tiveram medo de ir atrás de uma solução para suas queixas em relação à aparência. Certamente seria uma boa conversa.

6) Arrisque pequenos atrevimentos

Clarear ou escurecer o tom do cabelo, experimentar um novo corte… Os cabelos chamam muita atenção e ao mesmo tempo se recuperam relativamente rápido de pequenas ousadias. Por que não arriscar uma pequena mudança no visual?

Por outro lado, se você sempre sonhou em corrigir uma falha ou melhorar algo em seu corpo com uma cirurgia plástica, pode começar com procedimentos estéticos menos invasivos, como a aplicação da toxina botulínica, que tem efeito relativamente temporário.

Descubra como mudar e não ter medo da mudança

7) Caiu? Erga-se e mantenha o foco

Para que todo bom planejamento se concretize, grandes doses de organização, disciplina e sacrifício serão necessárias. Contudo, nem sempre os frutos de nossas escolhas serão acertados e alguns ajustes podem (e devem) ser realizados.

Acrescente uma dose extra de motivação aos exercícios físicos: além da queima da gordura indesejada, eles promovem o bem-estar e a saúde. Tenha esse mantra sempre em mente.

Se a rotina da academia está entediante, experimente alternar entre caminhadas ao ar livre, massagens terapêuticas, sessões de yoga. O importante é não interromper o processo para não perder o foco.

8) Permita-se voar mais alto

Depois de já ter testado com sucesso algumas pequenas mudanças na rotina, que tal começar a pensar em tirar do papel aquele velho desejo de corrigir a imperfeição no nariz ou eliminar de vez aquela gordurinha abdominal?

A cirurgia plástica se tornou um sonho possível e, ao contrário do que algumas pessoas acreditam, é um procedimento seguro – desde que você esteja aos cuidados de um bom profissional.

Muitas das preocupações surgem em razão do medo da anestesia ou de como ficará o resultado final. Essas e outras dúvidas podem ser facilmente sanadas numa conversa franca com o cirurgião muito antes do procedimento.

Aliás, uma das grandes seguranças para o paciente é que ele pode se informar plenamente sobre o profissional bem antes de realizar a cirurgia plástica e conferir o histórico de procedimentos realizados e bem-sucedidos. Conheça os demais procedimentos estéticos e descubra qual é o ideal para você.

9) Comemore as etapas vencidas

Ainda que você não tenha alcançado todos os objetivos a que se propôs, cada etapa vencida deve ser comemorada.

E mesmo que os resultados alcançados não tenham sido exatamente como esperados, é preciso agradecer o esforço, a concentração e a força de vontade empregados para superar o medo da mudança.

Comemorar faz parte da mudança. É o momento em que afirmamos para nós mesmas que superamos nossas próprias limitações e inseguranças em prol de algo maior: de nossa realização pessoal, de nossa autoestima, de nossa felicidade.

Agora que você já sabe diversos motivos para ter uma mudança em sua vida, vamos começar?

  • 16
    Shares
  1. Maria José da Silva carvalho disse:

    Dr. Quero fazer cirurgia na mama ,quero erguer …uma amiga fez o procedimento com vc está super satisfeita ! Gostaria de saber valores aproximadamente

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Oi, Maria! Tudo bem?

      Para definir os valores é necessário que você passe por uma avaliação pessoalmente, somente assim poderei opinar sobre qual a melhor indicação para você. Após a primeira avaliação é possível definirmos valores e formas de pagamento.

      Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. No link estão nossos telefones: https://goo.gl/nvCFzz

      Beijos!