11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Algumas curiosidades sobre a minilipo

minilipo

Rápida e especialmente indicada para pacientes no peso ideal, a minilipo é a solução perfeita para quem quer apenas se livrar das pequenas gorduras inconvenientes. Às vezes, quando você se olha no espelho, vê aquelas gordurinhas totalmente desnecessárias, completamente fora do lugar e pensa em fazer uma lipoaspiração?

Mas aí, sempre tem alguém que diz ser um exagero… que lipo que nada! Se esse for o seu caso, você deve precisar apenas de uma minilipo. Trata-se de um procedimento de lipoaspiração que usa anestesia local, sendo indicado para quem está praticamente no peso ideal, mas tem essas gorduras teimosas.

Quer saber mais? Continue a leitura e conheça algumas curiosidades sobre a minilipo!

Afinal, o que é minilipo?

Também conhecida como lipolight ou hidrolipo, a minilipo é um procedimento de lipoaspiração ideal para ser feito em regiões menores do corpo, com pouca quantidade de gordura para ser extraída, exigindo apenas anestesia local.

Qual é a finalidade da minilipo?

Longe de ser um tratamento para a obesidade, como o próprio nome já diz, a minilipo busca apenas dar mais definição ao contorno do corpo, removendo pequenas quantidades de gordura por meio de uma cânula. Dessa forma, ela pode ser identificada como uma cirurgia do contorno corporal.

Qual a diferença entre a minilipo e a lipoaspiração?

A diferença está diretamente relacionada ao tipo de instrumento usado na cirurgia. Assim, é interessante observar que para a realização da minilipo são usadas cânulas de 2mm. Já na lipoaspiração, normalmente, são as de 3mm. Além disso, na lipolight, uma área menor é tratada e a recuperação da paciente é mais fácil.

Quais são as suas principais indicações?

A cirurgia é indicada para quem está em seu peso ideal, mas apresenta gorduras localizadas que persistem mesmo após programas de exercícios físicos e controle alimentar. Dessa forma, a minilipo é aconselhada para quem não tem muita gordura a ser extraída. Essa quantidade se refere a algo que é possível ser retirado em apenas uma sessão, o equivalente a cerca de 200ml.

Quais são as condições de saúde necessárias para o procedimento?

Apesar de ser mais simples e da recuperação ser mais rápida que a lipoaspiração normal, como qualquer outro procedimento cirúrgico, a mini também tem suas limitações, como o estado da pele, por exemplo, ainda que não haja limite de idade. No entanto, para o resultado ser satisfatório, é preciso que a pele esteja em boas condições de elasticidade. Além disso, a pessoa não deve apresentar problemas cardíacos ou outro tipo de impedimento médico.

Em quais regiões do corpo ela pode ser feita?

Por ser feita com anestesia local, ela não pode ser feita em grandes áreas, já que existe um limite de dose de anestésicos. Assim, ela se limita a regiões como flancos, culotes, abdômen, quadris, costas, coxas, púbis, papada e braços.

Quais exames são necessários para fazer o procedimento?

Alguns exames importantes para cirurgia plástica devem ser feitos antes da data do procedimento, assim como uma avaliação clínico-cardiológica. Se houver necessidade de maiores esclarecimentos, é possível também que seja pedida uma ultrassonografia abdominal ou outro teste específico.

É preciso ter algum cuidado especial antes da cirurgia?

Sim, no período que antecede o procedimento, não devem ser usados medicamentos à base de ácido acetil salicílico (AAS), corticoides de uso prolongado, anticoagulantes e remédios para emagrecer. As pessoas que fumam devem suspender completamente o cigarro por, no mínimo, 39 dias antes da cirurgia.

Na véspera, deve-se evitar cremes corporais e manter o jejum que for recomendado pelo médico responsável pelo procedimento. Além disso, qualquer anormalidade, como alergias, deve ser imediatamente reportada ao médico. Apesar de ser um procedimento simples, o ideal é que a paciente vá acompanhada.

O procedimento exige hospitalização?

O interessante nesse tipo de procedimento é que a minilipo pode ser realizada no próprio consultório ou clínica, sem necessidade de hospitalização. Isso porque, ao contrário da lipo tradicional, essa cirurgia é feita apenas com anestesia local, embora, para alguns casos, seja necessária a sedação.

Contudo, é importante observar que, mesmo não exigindo hospitalização, é fundamental que ela seja realizada por um cirurgião plástico qualificado e experiente, em local devidamente higienizado e adequado para o procedimento.

Como a cirurgia é realizada?

A minilipo é realizada da mesma maneira que a lipoaspiração, com incisões inferiores a 1cm. Para isso, são inseridas cânulas conectadas a um aparelho de vácuo, que atingem a camada de tecido adiposo. Assim, é feita a sucção da gordura acumulada no local tratado. Após a retirada da gordura, o cirurgião faz um curativo nas incisões e coloca uma cinta para comprimir o local. O tempo médio do procedimento pode variar de 30 minutos a 2 horas, dependendo da região operada.

Quais cuidados devem ser observados após a minilipo?

Para o pós-operatório, é preciso usar uma boa cinta modeladora com placa compressiva e fazer drenagens linfáticas. Além disso, é fundamental seguir as orientações médicas. Agindo assim, os resultados aparecerão mais rápido e sem complicações.

É possível manter os resultados e evitar a formação de novas gorduras localizadas?

Essa é uma das principais preocupações de quem pensa em fazer a minilipo. Além de caminhadas e exercícios que promovem a queima calórica, para manter a silhueta conquistada, é importante trabalhar o local onde recebeu o procedimento. Assim, no caso do abdômen, por exemplo, é preciso fazer abdominais regularmente para ajudar na manutenção e tonificar os músculos.

O mesmo deve ser observado para braços, pernas e demais locais que foram lipoaspirados. Além disso, fazer massagens localizadas com cremes e movimentos adequados ajuda a eliminar líquidos e gorduras. Da mesma forma, é muito importante cuidar da alimentação e beber bastante líquido.

Como vimos, a minilipo é uma cirurgia rápida, que tem por objetivo a retirada de pequenas quantidades de gordura localizada, sem a necessidade de hospitalização. Nesse sentido, ela é indicada para pessoas que estão em seu peso ideal e necessitam apenas se livrar de gordurinhas extras que deformam a silhueta.

Gostou de saber sobre algumas curiosidades da minilipo? Então, assine a nossa newsletter para receber nossos conteúdos diretamente em sua caixa de e-mail!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).