Menu

Curiosidades sobre Minilipo

Rápida e especialmente indicada para pacientes dentro do peso ideal, a minilipo é a solução perfeita para quem quer apenas se livrar das pequenas gordurinhas inconvenientes.

De vez em quando você se olha no espelho vê aquelas gordurinhas totalmente desnecessárias e completamente fora do lugar e pensa em fazer uma lipoaspiração, mas aí sempre tem alguém que diz que é exagero, que lipo que nada. Essas pessoas podem estar certas. O que você pode estar precisando é de uma minilipo. Isso mesmo! Este procedimento nada mais é do que uma lipoaspiração realizada apenas com anestesia local e é indicada para quem está praticamente no peso ideal, mas tem justamente essas gordurinhas teimosas. O interessante é que a minilipo, também conhecida como lipoaspiração light, também pode ser feita no próprio consultório ou clínica, sem necessidade de hospital.

A minilipo pode ser chamada de cirurgia do contorno corporal e, também como a lipoaspiração, está longe de ser um tratamento para a obesidade. Como o próprio nome já diz ela procura apenas dar mais definição ao contorno do corpo, removendo pequenas quantidades de gordura de cada vez. A mini  também é um procedimento cirúrgico que aspira a gordura através de uma cânula em locais como os flancos, culotes, barriga, quadris, costas, coxas, púbis, papada e braços, por pequenas incisões que transformam-se em minúsculas cicatrizes.

No entanto, ao contrário da lipo tradicional, a mini é feita apenas com anestesia local, algumas vezes podendo ser feita sedação. Por ser feita com anestesia local ela não pode ser feita em grandes áreas, já que existe um limite de dose de anestésicos. Apesar de ser mais simples e da recuperação ser mais rápida do que a da lipoaspiração normal, como qualquer outro procedimento cirúrgico a mini também tem suas limitações, como o estado da pele, por exemplo, ainda que não haja limite de idade. No entanto, para o resultado ser satisfatório, é preciso que a pele esteja em boas condições de elasticidade. Também é preciso tomar alguns cuidados especiais tanto no pré quanto no pós operatório, afinal, apesar de ser estética, a lipoaspiração, seja ela mini ou não, é uma cirurgia como outra qualquer.

Dessa forma, alguns exames de rotina devem ser feitos antes da data do procedimento, e uma avaliação clinico-cardiológica. Se houver necessidade de maiores esclarecimentos é possível também que seja pedida uma ultrassonografia abdominal ou outro exame específico. De uma forma geral, no entanto, neste período não deve-se usar medicamentos à base de ácido acetil salicílico (AAS), corticoides de uso prolongado, anticoagulantes ou qualquer medicamento para emagrecer. Quem fuma deve suspender completamente o cigarro por no mínimo 30 dias antes da cirurgia e, na véspera, evitar cremes corporais e manter o jejum que for recomendado pelo médico responsável pelo procedimento. Qualquer anormalidade, como alergias, devem ser imediatamente reportadas ao médico. Apesar de ser um procedimento simples, o ideal é que a paciente vá acompanhada. Para o pós-operatório, prepare uma boa cinta modeladora com placa compressiva e realize drenagens linfáticas. Siga as orientações médicas e mais cedo do que imagina estará mais linda do que nunca.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).