Mastopexia: lifting de mamas

Mastopexia: lifting de mamas

Mastopexia com ou sem prótese é uma alternativa às mulheres que querem melhorar características dos seus seios.

A alteração da região dos seios é a mais procurada pelas pacientes brasileiras que desejam fazer cirurgia plástica. A mamoplastia de aumento, com implante de silicone, é o mais famoso entre os procedimentos possíveis. No entanto, também é possível fazer mamoplastia redutora – diminuição dos seios – e mastopexia.

A mastopexia é uma cirurgia plástica também conhecida como lifting de mamas. Por motivos variados, como tendências genéticas, envelhecimento, alterações de peso ou consequência de gestações, os seios tendem a perder sua firmeza. A mastopexia é realizada para reposicioná-los novamente, deixando-os com uma aparência mais rejuvenescida.

Esse procedimento pode ou não ser acompanhado pelo implante de silicone. Venha saber mais:

Para quem a mastopexia é indicada?

A mudança na firmeza dos seios pode ser causada por vários fatores. O motivo mais comum é a força da gravidade que atua com os anos, deixando os seios mais caídos. Algumas mulheres também têm tendência genética e seus seios ficam caídos mais cedo. Em alguns casos, as alterações de peso na adolescência podem causar a flacidez.

As gestações também podem deixar os seios caídos, seja como um resultado do aumento e diminuição das mamas ou como uma consequência da amamentação. A pele perde sua elasticidade e, então, os seios perdem sua forma e começam a cair. A cirurgia pode ser feita por qualquer mulher que deseje recuperar a posição de seus seios. Além disso, a mastopexia também pode reduzir o tamanho da aréola, quando isso for algo incômodo para a paciente.

O resultado da mastopexia é permanente?

Como a cirurgia não pode controlar os efeitos da gravidade, não se pode dizer que o resultado é permanente. Porém, ele permanece por bastante tempo e, se associado ao uso de prótese, pode-se manter uma projeção maior do colo por mais tempo.

Ela pode ser feita em qualquer tipo de seio?

Mulheres com seios pequenos costumam ter resultados melhores, porque eles sofrem menos com a ação da gravidade. Porém, seios de qualquer tamanho podem ser levantados sem maiores problemas, com um bom resultado final.

Quais são as recomendações pré-cirúrgicas?

Existem alguns cuidados que você deve tomar antes de fazer a cirurgia. Por exemplo, deve manter hábitos de alimentação saudáveis, para estar saudável no dia do procedimento. Problemas de saúde como infecções, gripes, resfriados e problemas na pele podem adiar a cirurgia.

Além disso, é recomendado parar de fumar pelo menos 2 a 3 semanas antes do procedimento. Essa é uma recomendação comum para cirurgias plásticas, porque a nicotina aumenta o risco de necrose.

A paciente deve ser acompanhada por alguém no dia da cirurgia e precisará de acompanhamento pelos dias seguintes. O médico dirá por quanto tempo esse cuidado será necessário.

Como é o procedimento?

A mastopexia dura de 2 a 4 horas. Existe mais de uma técnica, mas a mais comum é com uma incisão em âncora, que delineia a área em que a pele será removida e define a nova localização do mamilo. Depois que o excesso de pele é removido, o mamilo e a aréola são colocados em uma posição mais alta. A pele que ao redor da aréola é usada para esculpir o seio.

Se a paciente desejar e se o cirurgião estiver de acordo, um implante de silicone também pode ser colocado. Porém, nem sempre é necessário.

Quais são os riscos da Mastopexia?

Sempre existe a possibilidade de complicações, como reações adversas a anestesia. Porém, a certeza de ter uma equipe qualificada e a realização de exames pré-cirúrgicos diminuem esses riscos. Além disso, algumas pacientes têm predisposição a ter cicatrização hipertrófica ou queloides. A análise do histórico de outras cirurgias que a paciente tenha realizado pode prever o risco desses resultados.

A maioria das pacientes que passa pelo procedimento não encontra nenhum tipo de complicação após a cirurgia. Para diminuir o risco de complicações, siga todas as orientações do médico, tanto antes quanto depois da cirurgia.

Como encontrar um bom profissional?

Encontrar o profissional certo para a sua cirurgia requer muita pesquisa. Você deve buscar alguém que tenha experiência, certificações e que compreenda os seus desejos. Um bom profissional não só faz uma boa cirurgia, mas também orienta o paciente antes do procedimento, apresentando os riscos e o acompanha após o procedimento, ajudando-o a se recuperar.

Se quer saber mais sobre Mastopexia baixe agora nosso e-book, e tire todas as suas dúvidas.

http://info.lucianapepino.com.br/mastopexia

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).