Lifting de lábios: remodele seu sorriso e fique com aparência mais jovem com um procedimento simples e eficaz

A flacidez na região dos lábios faz com que eles fiquem alongados e caídos, acentuando o envelhecimento. Veja como essa cirurgia pode te ajudar a recuperar sua autoestima

Um sorriso bonito abre portas, conquista a simpatia das pessoas e é essencial para a nossa autoestima – e é claro que os lábios fazem parte de todo esse conjunto. Por isso, se você não está feliz com essa parte do corpo, você precisa conhecer o lifting de lábios.

Com a passagem do tempo, as alterações da pele causadas pelo envelhecimento não se restringem apenas às rugas. Nesse processo, a região dos lábios também é afetada, deixando-os com um aspecto mais alongado, fino e caído.

Embora muitas pessoas imaginem que a solução para isso seja o preenchimento labial, a verdade é que esse procedimento sozinho poderia até agravar o problema. Pensando nisso, nós preparamos o artigo de hoje para você ficar por dentro do assunto!

Para que serve o lifting de lábios

Um dos efeitos do envelhecimento sobre a pele são modificações na área dos lábios – não somente na parte rosada, conhecida como “vermelhão”, mas também incluindo todo o tecido móvel entre a boca e o nariz.

Dessa forma, com o passar dos anos, surgem efeitos que vão além da perda do volume labial. Assim, devido ao aumento da flacidez, os lábios podem ficar mais alongados, a distância entre a boca e o nariz pode aumentar e ainda pode ocorrer a inversão do vermelhão.

Essas são justamente as indicações do lifting de lábios, uma cirurgia relativamente simples que tem como objetivo remodelar toda essa região, de modo a reverter as alterações causadas pelo envelhecimento.

Em consequência, esse procedimento recupera a aparência jovem do sorriso, deixa os lábios mais atraentes e ajuda você a recuperar sua autoestima.

lifting de lábios

Como é a cirurgia de lifting labial

O lifting de lábios é uma cirurgia pouco complexa e tem duração de aproximadamente uma hora. Por trabalhar uma região pequena, ela costuma ser feita com anestesia local e sedação intravenosa (por isso, é necessário que ela seja realizada em ambiente hospitalar).

O procedimento começa com uma pequena incisão logo abaixo do nariz, permitindo que o cirurgião retire o excesso de pele para corrigir a flacidez. É também por essa aberta que os tecidos são tracionados para cima, de modo a encurtar o espaço entre o nariz e os lábios.

Além de deixar a boca em uma posição mais elevada, a cirurgia pode corrigir a inversão do vermelhão, deixando os lábios com um formato mais bem definido e estético.

Se for necessário, pode ser feito também o preenchimento labial para recuperar o volume perdido no processo de envelhecimento. Em alguns casos, pode ser indicado fazer o preenchimento do sulco nasolabial (bigode chinês) para deixar todo o rosto mais harmônico.

Vale lembrar que o preenchimento labial sozinho não é uma boa solução para lábios caídos e alongados. Como os tecidos já apresentam um grau elevado de flacidez, o peso extra poderia puxar os lábios ainda mais para baixo, agravando esse problema.

O lifting de lábios também pode ser feito em associação com o lifting facial (ritidoplastia), uma cirurgia que trata a flacidez da fronte, das maçãs do rosto e do pescoço e leva de 3 a 5 horas. 

Veja mais detalhes: Lifting no rosto: dê um up na sua aparência e acabe com a flacidez também do seu pescoço.

Recuperação e pós-operatório do lifting labial

Por ser uma cirurgia relativamente simples, o pós-operatório também é considerado tranquilo, mas é claro que devem ser seguidos alguns cuidados para evitar infecções e garantir que a cicatrização ocorra conforme o esperado.

Quando é utilizada anestesia local com sedação, o paciente costuma receber alta em cerca de uma hora depois do procedimento. Já para os casos em que se associa o lifting facial e se utiliza a anestesia geral, a alta costuma acontecer em até 24 horas.

É normal apresentar certo grau de inchaço na região, sendo que o edema tende a ceder em cerca de uma semana. Por outro lado, as manchas arroxeadas não são tão frequentes nem tão chamativas nessa cirurgia. A retirada dos pontos geralmente acontece depois de 7 a 10 dias.

Para evitar irritações e infecções no local operado, é necessário seguir os procedimentos de higiene conforme a orientação médica, sempre com delicadeza para não gerar nenhum incômodo na região sensibilizada.

Além disso, o paciente deve procurar conter os movimentos dos lábios nos primeiros dias, principalmente ao comer, beber, falar e escovar os dentes, evitando uma movimentação mais brusca.

Por fim, é importante se proteger do sol até a liberação médica, de modo a evitar o surgimento de manchas permanentes. O uso do protetor solar é indispensável.

lifting de lábios

Não deixe de ver – Peeling x Lifting: entenda a diferença!

O que esperar do lifting de lábios

O principal objetivo dessa cirurgia é encurtar a distância entre o lábio superior e o nariz, deixando a boca em uma posição mais elevada e recuperando seu formato. Assim, o resultado esperado é um aspecto jovem e estético nessa região, valorizando o sorriso.

Como em todas as cirurgias, a incisão dará origem a uma cicatriz. Porém, por estar localizada logo abaixo do nariz, ela costuma ser bastante discreta. Nos primeiros meses, é normal que a cicatriz seja mais avermelhada, mas ela vai clarear com o passar do tempo.

Para as cirurgias que incluem o preenchimento labial com ácido hialurônico, será necessário repetir esse procedimento em cerca de 10 a 12 meses, pois o organismo reabsorve essa substância.

Você já tinha ouvido falar nessa cirurgia para levantar os lábios? Deixe nos comentários e aproveite para conhecer os demais procedimentos estéticos e opções de cirurgias plásticas disponíveis na clínica da Dra. Luciana Pepino!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).