11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

7 dicas para se alimentar melhor

Pessoa comendo em um prato com verduras e legumes

Descubra como se alimentar melhor de um jeito mais fácil e prático no seu dia a dia

O jeito que escolhemos o que colocamos no prato no nosso dia a dia é extremamente determinante para a nossa saúde física e até psicológica.

A qualidade dos ingredientes, o revezamento dos tipos de prato e a quantidade ingerida influenciam muito na formação dos nossos órgãos e pode prevenir uma lista grande de doenças crônicas.

Se você está em dúvida sobre como se alimentar melhor, separamos 7 dicas para você começar a colocar em prática e dar um up na sua saúde.

1. Entenda o conceito de como se alimentar melhor

Parte principal da mudança de hábitos é entender e ser convencida pela causa que você está tentando inserir no seu cotidiano.

Esta dica pode não ser tão prática, mas com certeza é a que trará mudanças mais profundas e duradouras.

Leia sobre alimentação, entenda como se alimentar melhor pode mudar a sua vida, se informe a respeito de agrotóxicos e comida industrializada. Quando você está por dentro do assunto, as mudanças acontecem de uma forma bem mais natural e fluída.

2. Faça a sua própria comida

Esta dica será, provavelmente, a mais importante da nossa lista. Preparar a sua própria comida é saber exatamente os nutrientes, proteínas e vitaminas que você está colocando no prato, fazendo com que você consiga ter total controle do que consome.

Além de ser terapêutico, o ato de cozinhar te força a pensar sobre o que irá comer e qual é o melhor jeito de prepará-los.

3. Dê prioridade aos alimentos integrais

Produtos integrais são muito mais recomendados para a alimentação do que os que são à base de farinha branca. Isso se dá porque são ricos em fibras, causam maior sensação de saciedade e atuam no controle do colesterol.

4. Amplie seu paladar

Parte super importante em como se alimentar melhor, a variedade dos tipos de alimento que você ingere ajuda seu organismo a trabalhar bem e descobrir novos sabores. Aposte na criatividade!

Temperos diferentes podem fazer mágica no resultado de um prato que você come sempre, além de mudar a composição dos nutrientes presentes no prato.

5. Não caia em tentação

Sabe aquela fome que dá no meio do dia? Pois então! Crie o hábito de ter em mãos um lanchinho natural, duas barrinhas de cereal, castanhas ou nozes. Isso vai facilitar muito na hora de resistir à tentação de comprar alimentos ultraprocessados ou de baixo valor nutritivo.

6. Planeje a semana

Dica valiosíssima de como se alimentar melhor é a de congelar preparações feitas em casa e deixá-las pronta para a semana toda. Tudo bem ter preguiça de cozinhar todos os dias, mas a solução está no congelamento!

Tente usar o final de semana para cozinhar pratos que servirão para o facilitar a composição dos próximos dias.

7. Água também é alimento

A água não pode ser deixada de lado quando falamos em alimentação. Mais da metade do nosso corpo é composto com água e sem ela o organismo não pode atuar o seu 100%.

A água contribui para a melhora da pele, unha, cabelos e ainda diminui o inchaço geral do corpo. Beba muita água!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).