Hidrolipo

Hidrolipo, Minilipo, Lipo light, Lipo fracionada, HLPA (Hidrolipoclasia Aspirativa)

Hidrolipo, Minilipo, Lipo light, Lipo fracionada, HLPA (Hidrolipoclasia Aspirativa)

TODOS são procedimentos tecnicamente IGUAIS A LIPOASPIRAÇÃO, mas realizados com anestesia local, e por causa disto são feitos por região, já que o anestésico local torna-se tóxico se for ultrapassado o limite por peso.

Podem ser feitos em consultórios ou clínicas, por serem realizados com anestesia local, mas sem sedação venosa, ou seja, tudo é acompanhado pelo paciente. Para um conforto maior do paciente, preferimos realizar com sedação, em ambiente hospitalar, para sua segurança. Só realizo estas pequenas lipoaspirações em culotes, papadas, ou pequenos acúmulos de gordura localizada, com anestesia local, sem sedação, em pacientes que permitam acompanhar todo o procedimento.

  1. QUEM SÃO OS MELHORES CANDIDATOS PARA A HIDROLIPO?
    a) hidrolipoPacientes de pele firme e elástica, com boa saúde.
    b) Pacientes que tentaram eliminar a gordura através de dietas, exercícios…
    c) Pacientes com pequenas áreas de gordura localizada.
    d) Pacientes com expectativas reais do procedimento.
    e)Pacientes que não irão realizar outros procedimentos com anestesia local no mesmo momento.
  2. QUANTO DE GORDURA É RETIRADO NA HIDROLIPO?
    Nunca programamos a cirurgia pelo volume a ser retirado e sim pela eliminação do depósito de gordura a ser tratado que neste caso deve ser pequeno, já que existe a limitação da quantidade de anestésico. Lembramos que a Hidrolipo trata apenas pequenos acúmulos de gordura localizada.
  3. QUAIS SÃO AS COMPLICAÇÕES POSSIVEIS NA CIRURGIA DE HIDROLIPO?
    Cada corpo reage de maneira diferente. A grande maioria dos pacientes atinge um resultado ideal, enquanto outros podem apresentar resultados negativos, em maiores ou menores proporções, independente do trabalho médico ter sido feito com maior zelo, perícia e cautela. São eles:a) hidrolipo-2Irregularidades na pele
    b) Necrose de pele, por deficiência circulatória (sendo o tabagismo sua maior causa)
    c) Embolia pulmonar gordurosa (raríssima)
    d) Perfuração de vísceras (raríssima)
    e) Flacidez de pele na região lipoaspirada (pior em pacientes com pele flácida)
  4. PORQUE A HIDROLIPO SÓ É FEITA POR REGIÕES?
    Como a anestesia nestes casos da Hidrolipo é local, isto é, injetada em toda a área que será lipoaspirada, quanto maior a área maior a quantidade de anestésico usado. Porém como qualquer medicamento, existe uma dose limite e segura. A partir desta dose o anestésico passa a ser tóxico ao paciente gerando problemas neurológicos, levando até mesmo ao óbito quando não respeitado este limite.Nestes casos a realização por áreas é para a segurança do paciente, para evitarmos ultrapassar o limite seguro.
  5. COMO É O PÓS-OPERATÓRIO NA HIDROLIPO?
    O desconforto é menor que na lipoaspiração já que a área tratada também é menor. Haverá um inchaço maior nos primeiros dias e recomendamos também a drenagem linfática, iniciando na primeira semana. O edema (inchaço) e as equimoses (manchas roxas) persistem por até 15 a 21 dias. Este prazo pode ser maior ou até menor dependendo de cada paciente.
  6. hidrolipo-3QUAL A ANESTESIA USADA NA HIDROLIPO?
    Anestesia local, podendo sercom ou sem sedação.
  7. POSSO VOLTAR AO TRABALHO APÓS A HIDROLIPO?
    O retorno às atividades diárias é mais rápido, já que é realizado em pequenas regiões, e não em grandes áreas como pode ser feito na lipoaspiração clássica, mas recomendamos repouso no dia do procedimento.
  8. QUANDO TEREI O RESULTADO DEFINITIVO APÓS A HIDROLIPO?
    O resultado final de uma HIDROLIPO é visto após 3 meses, e varia de acordo com o paciente e seus cuidados no pós-operatório (drenagens linfáticas)
  9. QUALQUE MÉDICO PODE FAZER A HIDROLIPO?
    Trata-se de um procedimento seguro desde que feito por profissionais que tenham no mínimo a formação de cirurgia geral e que conheçam e respeitem o volume anestésico limite para cada paciente.
  10. QUAIS OS CUIDADOS DO PÓS-OPERATÓRIO DA HIDROLIPO?
    a) Repouso relativo por 01 dia.
    b) Usar a cinta e espuma (quando necessária) por 30 dias.
    c) Realizar drenagens linfáticas a partir do 4°dia de pós-operatório.
    d) Evitar trabalhar no dia do procedimento.
    e) Nunca sair do hospital (em casos de sedação) sem acompanhante.